videos

Vitrola Sintética: Expassos. Gravado durante show em Bragança Paulista, 2017.

Felipe Antunes: Vai por mim. Gravado no SESC Pompéia, em São Paulo. Vídeo: Fusca Azul Coletivo.  Meno Del Picchia (baixo), Leonardo Mendes (guitarra), Marcelo Castilha (piano), Thomas Rohrer (rabeca).

Vitrola Sintética: Duvido não depois. Gravado em São Paulo, para o Elefante Sessions.

Educação e Corpo: Caminhos para uma Formação que Busca a Fluidez – Aula sobre a integração da prática da meditação e do aikido com as práticas da educação musical (ou da educação, de uma forma geral). Oficinas Culturais do Estado de São Paulo, com curadoria de Heraldo Paarmann.

Uníssonos (Prana) – Versão exclusiva da música “Unisonos” da banda argentina Prana para o 2por1, tocada pelo Vitrola Sintética (Dezembro, 2015) – Felipe Antunes (voz, guitarra), Otávio Carvalho (baixo), Rodrigo Fuji (Guitarra) e eu. Direção: Fernanda Fernandes; Direção de; Fotografia: Bruno Vieira; Câmeras: Warner Borges e Fernanda Fernandes; Edição e Finalização: Fernanda Fernandes; Áudio: Maurício Ruiz, Rafael Lopes, Zeca Leme; Gravado e Mixado no BTG Studio; Assistente de Gravação: Laíze Catherine; Masterização: Maurício Gargel.

Beijo de Rimbaud – Vitrola Sintética (Outubro, 2015) – Felipe Antunes (voz, guitarra), Otávio Carvalho (baixo), Rodrigo Fuji (Guitarra) e eu. Direção e Fotografia: Felipe Ludovice.

Show Livre – Vitrola Sintética (2015) – Show na íntegra. Felipe Antunes (voz, guitarra), Otávio Carvalho (baixo), Rodrigo Fuji (Guitarra, piano) e eu.

Bahia70 (2015) –  Projeto com Leo Caranga (voz e guitarra), Eneas Moraes (bateria), Adriano Paternostro (guitarra), André Hamilton (piano) e eu no baixo. Vídeo de Manoela Meyer e gravação de Otávio Carvalho.

Fulvio Oliveira & The Wild Blues Band: Ilha Verão, Ilha Comprida, SP (2015) –  Com Fulvio Oliveira (voz e guitarra), Cristiano Pompeu (baixo) e Gustavo Bugni (piano).

Tiago Rocha: Ao Vivo Music Bar, SP –  Com Adriano Paternostro (baixo) e Tiago Rocha (voz e guitarra). Show na íntegra.

Chicken Killers: Ao vivo na Ilha Comprida – Ao lado de Fúlvio Oliveira (guitarra) e Adriano Paternostro (baixo).

Chicken Killers: Ao Vivo Music Bar, SP –  Ao lado de Fúlvio Oliveira (guitarra) e Adriano Paternostro (baixo).

Sertão Marfim – Vídeo sobre a gravação do disco “Sertão Marfim”, de Bruno Masi.

Adeus – Clipe, produzido por mim, para uma canção de meu disco solo.

The Hitchcock Trio: Jô Soares – Ao lado de Adriano Paternostro (baixo) e Rodrigo Castanho (guitarra).

Bruno Masi: Centro Cultural Rio Verde – Com Bruno Masi (voz e guitarra), Leo Mendes (guitarra), Adriano Paternostro (baixo) e Marcelo Costa (percussão).

 

 

trilhas2

3% (Netflix): Preciso me encontrar, com Liniker e Ilú Obá De Min. Instrumentistas: André Mehmari, Ilu Obá de Mim, Kezo Nogueira, Otávio Carvalho, Ingo Andre, Luciano Tucunduva, Filpo Ribeiro, Ciça Góes, Julia Valiengo  Autor: Candeia. Produção Musical: André Mehmari, Submarino Fantástico e Dani Libardi.

13 dias sem sol (Globo): Trilhas sob direção de Beto Villares, com Érico Theobaldo,  Zé Nigro, Otavio de Carvalho, eu, Tami Belfer, Thiago Liguori, Fil Pinheiro, Ingo Andre e Luciano Tucunduva. Para ouvir: Spotify

Oswaldo (Cartoon Network): Trilhas e finalização da primeira temporada feitas pela equipe do Submarino Fantástico: Otávio Carvalho, Ingo André, Luciano Tucunduva e eu.

Papaya Bull (Nickelodeon):  Trilhas e finalização da primeira temporada feitas pela equipe do Submarino Fantástico: Otávio Carvalho, Ingo André, Luciano Tucunduva e eu.

O Zoo da Zu (Discovery Kids):  Trilhas e finalização feitas pela equipe do Submarino Fantástico: Otávio Carvalho, Ingo André, Luciano Tucunduva e eu.

Unijorge – EAD – Trilha, para Rainha Filmes (SSA-BA)

Teaser: O Cabra Graphic novel do cartunista Flávio Luiz.

Trilhos: Todas as trilhas abaixo foram produzidas pela Trilhos Produtora, onde trabalhei com Bruno Masi e Adriano Paternostro.

Billabong: Sacred Space – Filme da Billabong, produzido pela Cavallaria Filmes.

Rede Globo: Fim de ano  –  Teaser de fim de ano da Rede Globo, produzido pela Maria Bonita Filmes.

Rede Globo: Dia das mulheres –  Filme em homenagem ao dia das mulheres, produzido pela Maria Bonita Filmes.

Element: Life through the elements –  Filme da Element, produzido pela Cavallaria Filmes.

Rede Globo: Dia dos namorados – Filme do dias dos namorados da Rede Globo, produzido pela Maria Bonita Filmes.

Na –  Curta metragem dirigido por Marcos Mello.

Rede Globo: Dia das mães –  Filme do Dia das mães da Rede Globo, produzido pela Maria Bonita Filmes.

Passagem – Curta metragem dirigido por Marcos Mello e Kleider Risso.

gravinas

Vitrola Sintética e Marilina Bertoldi: “Voz” e “Sexo com modelos” (2018): Singles. Voz: composição: Felipe Antunes; versão em espanhol: Agustina Taborda, Elena Balboa, Wladimir Vaz, Marilina Bertoldi; Felipe Antunes – voz, Marilina Bertoldi – voz, Rodrigo Fuji – guitarra, órgão, Otávio Carvalho – baixo, Kezo Nogueira – bateria, violão; Produzido por Vitrola Sintética. Sexo com modelos: composição: Marilina Bertoldi; versão em português: Felipe Antunes;  Felipe Antunes – voz, Marilina Bertoldi – guitarra, Rodrigo Fuji – guitarra, Otávio Carvalho – baixo synth, Kezo Nogueira – bateria, Produzido por Vitrola Sintética e Marilina Bertoldi. Gravado e mixado por Otávio Carvalho no Submarino Fantástico. Masterizado por Felipe Tichauer no Red Traxx Music. Para ouvir: Spotify 

Malu Maria: “Devires” e “Jardim do Éden” (2018): Canções do album “Diamantes na pista”, com Malu Maria (voz e flauta),  Carlos Gadelha (guitarra), Eristhal (baixo),  Gustavo Souza (bateria), Otávio Carvalho (sintetizador) e eu (violão). Para ouvir: Spotify | YouTube

Edu Sereno: ” Deja Vu” (2018): Canção do album “Haux”, com Edu Sereno e Luna Arthemis (vozes), Rafa Moraes (percussão, synths), Coro de Arco de Rezo e Grupo Vôo Livre, eu (bateria). Para ouvir: Spotify

Felipe Antunes: Lâmina (2016): Lâmina foi concebido entre os meses de agosto de 2014 e fevereiro de 2016. O álbum tem as participações de Ná Ozzetti, Helio Flanders, Juliana Perdigão, Enzo Banzo e Bocato. Tocaram no disco Kezo Nogueira, Leonardo Mendes, Chicão, Meno Del Picchia, Thomas Rohrer, Arthur Matos e Otavio Carvalho. A produção foi de Felipe, Luca Fasano e Wem Mason. Luca também assina a edição e mixagem ao lado de Otavio Carvalho. A masterização foi de Felipe Tichauer. Para ouvir: DeezeriTunesSpotify

Vitor Kley: “Dois amores” (2015): Single. Músicos participantes: eu (bateria), Fernando Prado (violão) e  Rick Bonadio (teclados e baixo). No Youtube do Midas Music, há a ficha técnica completa. Para ouvir: SpotifyDeezer

Zepa (2015): Gravei bateria em todas as faixas. Com Fernando Prado (guitarra), Adriano Paternostro (baixo), Marcio Forte (percussão), Bruno Alves (teclado), Nahor Gomes, Ubaldo Versolato e Sidnei Borgani (metais), Sta. Paola e Jow Black (backing vocais). Produzido e mixado no Midas por Giu Daga, Master por Renato Patriarca. Para ouvir: iTunes | Spotify

Fulvio Oliveira Jazz Trio (2014): Fulvio Oliveira na guitarra, Sam Yahel no orgão e eu na bateria. Mixado no Midas por Giu Daga, Master por Paulo Anhaia. Para ouvir: iTunes | Deezer | Spotify

Webster Santos (2013): ” Encontro de almas” Faixa em duo, no disco ” Sem fronteiras”, de Webster Santos. Para ouvir: Spotify

Eduardo Escariz: O mar de todo dia (2013):  Deezer | iTunesSpotify 

Setembro – 2 (2013): “Você duvidou”  Canção de minha autoria presente no disco da Banda Setembro. Mais informações e ficha técnica em http://www.bandasetembro.com.br/. Direto do Soundcloud da Setembro:

Fulvio Oliveira & The Wild Blues Band, featuring Adriano Grineberg (2013): Gravei bateria em todas as faixas. Com Fulvio Oliveira(guitarras), Cristiano Stelin(baixo), Adriano Grineberg(teclados) e eu(bateria e voz). Para ouvir: iTunesSpotifyDeezer

BNG (2012): Gravei bateria em todas as faixas. Projeto produzido por Rodrigo Castanho.

Tiago Rocha – Humanofaturas (2012): Gravei bateria em todas as faixas. Músicos: Tiago Rocha (voz e violão), Ebinho Cardoso (baixo), Jorge Solovera (guitarras), Gustavo diDalva (percussão), David Feldman  (piano). Para ouvir: DeezeriTunesSpotify

Willian &Andressa (2011):Disco da dupla Willian & Andressa. Gravei bateria em todas as faixas. Produção musical de Rodrigo Castanho.

Tito Bahiense & Manuca Almeida – Bopsamba (2010): Gravei bateria em todas as faixas, junto com Tito (voz e violão), Bira Marques (piano) e Magno Vito (baixo). Para ouvir: Deezer | iTunes

Bruno Masi – Sertão Marfim (2009): “Jasmins”  Gravei bateria e produzi, além de participar com três canções de minha autoria. Nesta faixa, minha composição, com Adriano Paternostro (baixo), Bruno Masi (voz), Leo Mendes (guitarra e violões), Marcelo Costa e Otávio Carvalho (efeitos). Gabriel Costa (mixagem).

O Sonso (2008): Primeiro disco da banda, de Fortaleza. Gravei bateria em todas as faixas do disco. Nesta faixa, Daniel Groove (voz), Rodrigo Gondim (guitarras), Julianne Frenkiel (teclados), Luka Schwab (baixo). Para ouvir: iTunesDeezerSpotify

Bruno Masi – Tempo e melodia (2008): “Tempo e melodia”  Produzi (com Bruno e Adriano Paternostro) e gravei bateria. Nesta faixa, minha composição, com Adriano Paternostro (baixo), Leo Mendes (violão e guitarra), Bruno Masi (voz), Marcelo Costa (percussão) e Pedro Costa (acordeon).

The Hitchcock Trio (2007): “O jardineiro fiel”  Nesse disco que saiu pela Universal Music, produzi  e compus (com Adriano Paternostro e Rodrigo Castanho) e gravei bateria. Nesta faixa, Adriano Paternostro (baixo), Rodrigo Castanho (guitarra e cordas), Bira Marques (rhodes), Tito Bahiense (vozes) e Marcelo Costa (percussão). Para ouvir: DeezerSpotify

Anjos de Negro – Cantos de todos os santos (2007): Disco com releituras de músicas do candomblé. Produzi, arranjei, toquei violão, guitarra, percussão e baixo. Marcelo Costa (percussão),  George Angelo (percussão), Maicon D´Moura (percussão), Adriana Guedes e Tito Bahiense (voz). Para ouvir: Spotify

Rafael Pondé – Horizonte Vertical (2006): Produzi (com Pondé), gravei bateria, programei loops e efeitos e mixei. banda base: Adriano Paternostro (baixo) e Rafael Pondé (guitarra e voz). Para ouvir: Spotify | Deezer

Banda Setembro – As várias vertentes do amor (2003): “Faz tanto frio” Fiz parte da Setembro, como compositor e baterista. Este é o primeiro disco da banda, ao lado de Alexandre Processo (baixo), CH (voz) e Zé Travassos (guitarras). Nesta faixa, composição minha e de CH, Marcelo Galter (teclados) e Haydson (percussão).

WordPress.com.

Up ↑